Emerge Brasil Emerge Amazônia

Inovação com base em ciência para resolver os grandes desafios globais e conservar a biodiversidade!

POR QUE EMERGE AMAZÔNIA?

O Brasil possui a maior biodiversidade do planeta e grande parte desta está concentrada na Amazônia. O potencial de geração de desenvolvimento a partir dessa riqueza é ainda inexplorado e os grandes desafios de mudanças climáticas e desmatamento ameaçam este ecossistema e o equilíbrio do mundo.

A fim de contribuir com este desafio, acreditamos que a partir da ciência, da tecnologia e da inovação será possível promover o desenvolvimento econômico a partir de insumos amazônicos, gerando riqueza, resolvendo grandes problemas da sociedade e das indústrias, geração de novos produtos e processos e, sobretudo, conservando a floresta.

PILARES DO EMERGE AMAZÔNIA

O Emerge Amazônia possui o objetivo de alavancar até o mercado tecnologias de base científica que utilizam de insumos amazônicos. Nossa tese possui como base três principais premissas que determinam nossos objetivos, focos e o perfil das equipes que estamos buscando trabalhar em conjunto.

1

Desenvolvimento de inovação com base em ciência

Buscamos equipes de laboratórios, universidades e startups que estejam desenvolvendo uma inovação com base em ciência em qualquer maturidade e queiram conectar-se com o mercado.
2

Utilização de insumos da biodiversidade amazônica

As tecnologias com base em ciência devem utilizar de maneira sustentável insumos da biodiversidade amazônica, mostrando que a floresta pode ser mais valiosa de pé do que devastada.
3

Envolvimento de grandes indústrias no processo

Acreditamos que a melhor forma de entender o mercado e desenvolver uma solução de alto potencial é aprendendo com grandes companhias. Por isso, as equipes devem estar abertas para se relacionar com as maiores empresas do setor.

QUAIS SÃO AS ETAPAS
DO EMERGE AMAZÔNIA?

Fase 1

CONEXÃO COM O MERCADO

Objetivo:

Conectar as tecnologias mapeadas com as empresas parceiras

1.1

MAPEAMENTO DE TECNOLOGIA

31/mai - 31/jul
Buscamos tecnologias que utilizem insumos da biodiversidade amazônica de maneira sustentável para desenvolver uma solução endereçada para os desafios elencados das áreas de saúde, alimentos e cosméticos. As tecnologias podem estar em qualquer nível de maturidade de desenvolvimento, precisando apenas apresentar uma prova de conceito do princípio básico em nível laboratorial.
1.2

AVALIAÇÃO DAS TECNOLOGIAS MAPEADAS

01/ago - 15/ago
Avaliaremos as tecnologias mapeadas para melhor compreender as informações disponibilizadas, bem como a proposta de solução e setor endereçado. Poderão ser realizadas entrevistas junto com as equipes para esclarecer dúvidas, sempre resguardando a propriedade intelectual. Será então elaborado um material completo com as informações necessárias para realizar a conexão com o mercado.

Fase 2

ESTRUTURAÇÃO DAS STARTUPS

Objetivo:

Startups estruturadas para fase de mercado: captação ou venda

Seleção das tecnologias para investimento semente

Etapa Atual
2.1

SELEÇÃO DAS TECNOLOGIAS

16/ago - 15/set
A partir das tecnologias mapeadas na Fase 1, avaliaremos quais possuem maior adesão aos desafios, potencial de resultado e perspectiva de estruturação e/ou evolução de uma startup. O processo será realizado em etapas, contando com a avaliação do material disponibilizado, entrevistas e discussão com especialistas da Emerge, das empresas parceiras e do conselho. Será comunicada às equipes selecionadas, bem como enviado um feedback para aquelas não selecionadas compreenderem os pontos que podem levar a melhoria. Todas as equipes que apontarem intenção de fundar uma startup terão acesso ao desconto de 50% do curso Inovação para Cientistas da Emerge.
2.2

ESTRUTURAÇÃO DOS BUSINESS CASES

16/set - 17/out
Validar a consistência tecnológica e a proposta de valor das tecnologias selecionadas a partir do desenvolvimento de business cases e interação estruturada com as indústrias parceiras.
2.3

ESTRUTURAÇÃO E INVESTIMENTO DAS STARTUPS

out/2021 - mar/2022
Determinar as tecnologias para investimento e realizar o desenvolvimento tecnológico e do negócio: estratégia, modelo de negócios, passos regulatórios, roadmap tecnológico, P.I. e formação do time.
2.4

APOIO NA EVOLUÇÃO DAS STARTUPS

mar/2022 - mar/2023
Auxiliar as startups investidas a se conectar com potenciais investidores e empresas nacionais e internacionais, bem como acompanhar sua evolução para aumentar as chances de resultado.

POSSUI UMA TECNOLOGIA QUE UTILIZA INSUMOS AMAZÔNICOS?

Buscamos tecnologias com base em ciência que utilizam da biodiversidade amazônica de maneira sustentável que trabalham diferentes temas em três importantes setores.

Saúde

Tecnologias, Extratos e/ou Moléculas desenvolvidas à partir de espécies naturais (plantas, microorganismos e esponjas) para uso medicinal, em especial para as áreas terapêuticas de gastroenterologia, imunologia, cardiometabólica, neurociência e doenças infecciosas, como antibióticos, antivirais e antiparasitários.

Tecnologias, Extratos e/ou Moléculas desenvolvidas à partir de espécies naturais (plantas, microorganismos e esponjas) para uso medicinal que já possuam arranjos produtivos estabelecidos em outros segmentos, mas com potencial para expansão de suas aplicações na área de saúde.

Espécies de micro-organismo que apresentem efeitos fisiológicos positivos para o crescimento, a resistência e a sobrevivência de plantas, ou espécies de plantas e/ou micro-organismos que sejam utilizados por animais na floresta para uso medicinal.

Tecnologias, Extratos ou Moléculas desenvolvidas a partir de espécies que são utilizadas como alimentos e apresentam benefícios para saúde humana, sendo promotores de saúde e com potencial efeito prebiótico.

Insumos que proporcionem uma melhor alimentação animal, como ingredientes naturais, antioxidantes e com maior tempo de prateleira. Tecnologias que proporcionem o aumento da saúde e tempo de vida dos animais, como combate a parasitas, aumento de imunidade e qualidade de vida.

Novas moléculas, processos ou ingredientes que possam agregar valor aos subprodutos da produção animal, em especial aves e suínos. Aproveitamento dos resíduos da produção animal para a geração de novos produtos em variados campos de aplicação para alimentação animal, plant nutrition ou uso com ingrediente farmacêutico ativo.

Plantas, fungos e microorganismos que possam ser ricos em proteínas, gorduras ou fibras. Ingredientes naturais para a conservação de alimentos, condimentos, insumos e corantes. Ingredientes naturais que possam reduzir ou substituir sódio e gordura de alimentos.

Novos compostos que possam gerar embalagens sustentáveis e/ou inteligentes. Insumos que possam inovar em processos de cura ou novos métodos de preparo de alimentos. Insumos que possam contribuir com a otimização de massas finas e emulsionadas.

Alimentos

Insumos que proporcionem uma melhor alimentação animal, como ingredientes naturais, antioxidantes e com maior tempo de prateleira. Tecnologias que proporcionem o aumento da saúde e tempo de vida dos animais, como combate a parasitas, aumento de imunidade e qualidade de vida.

Novas moléculas, processos ou ingredientes que possam agregar valor aos subprodutos da produção animal, em especial aves e suínos. Aproveitamento dos resíduos da produção animal para a geração de novos produtos em variados campos de aplicação para alimentação animal, plant nutrition ou uso com ingrediente farmacêutico ativo.

Plantas, fungos e microorganismos que possam ser ricos em proteínas, gorduras ou fibras. Ingredientes naturais para a conservação de alimentos, condimentos, insumos e corantes. Ingredientes naturais que possam reduzir ou substituir sódio e gordura de alimentos.

Novos compostos que possam gerar embalagens sustentáveis e/ou inteligentes. Insumos que possam inovar em processos de cura ou novos métodos de preparo de alimentos. Insumos que possam contribuir com a otimização de massas finas e emulsionadas.

Cosméticos

Processos de obtenção de substâncias a partir de insumos da biodiversidade amazônica, já utilizados ou não no mercado, que apresentem algum grau de inovação, gerando um maior rendimento. Esses processos devem ser tão sustentáveis quanto os atuais ou, preferencialmente, menos agressivos ao ecossistema.

Técnicas, processos e tecnologias sustentáveis que permitem desenvolver sistema de cultivo produtivo para ingredientes naturais. Esses processos devem ser de baixo impacto socioambiental e podem ter como origem conhecimentos tradicionais de comunidades do ecossistema amazônico.

Novas aplicações de insumos, ingredientes ou substâncias já empregados para outros fins, que apresentem características funcionais que trazem benefício ao consumidor. Essas aplicações devem tratar de algum problema ainda sem solução ou da melhoria da performance sob alguma perspectiva.

Novos ingredientes da biodiversidade amazônica que apresentam propriedades funcionais. Esses ingredientes devem apresentar bom nível de caracterização sobre sua origem e amplitude de análise, bem como desenvolvimento e extração por processos sustentáveis.

VOCÊ DESENVOLVE PESQUISA EM ALGUM DOS TEMAS LISTADOS OU EM ALGUMA OUTRA LINHA TECNOLÓGICA COM INSUMOS AMAZÔNICOS?

Então inscreva sua tecnologia no Emerge Amazônia!

QUEM ESTÁ A FRENTE DESTE PROJETO?

A EMERGE É UMA CONSULTORIA ESPECIALIZADA EM INOVAÇÃO COM BASE EM CIÊNCIA

Em quase 5 anos já atuou com grandes empresas como Eurofarma, BRF, JBS, Novartis, Andrade Gutierrez para gerar resultados por meio da inovação com base em ciência para a companhia!

Para isso, a EMERGE já trabalhou desenvolvendo aspectos de mercado com mais 250 tecnologias de todo o Brasil, contribuindo para transformá-las em startups, licenças de patentes, projetos de P&D, e muito mais!

Alavancamos a inovação das companhias por meio de diferentes verticais, desde a elaboração de estratégias até a integração com tecnologias desenvolvidas pela ciência de ponta.

Conheça a Emerge

Lucas Delgado

Diretor de Projetos e Novos Negócios da Emerge. Especializado em Finanças Corporativas na Albany University e Engenheiro de Produção pela Universidade Federal de Juiz de Fora

Daniel Pimentel

Daniel Pimentel

Diretor de Universidades e Transferência de Tecnologia na Emerge. Mestre em Modelagem de Sistemas Complexos na Universidade de São Paulo (USP) e formado em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora

Yuri Trigo

Equipe de projetos e negócios da Emerge. Especializado em Business Intelligence e Design Thinking pela FIAP e graduando de Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos

nintx - Emerge Amazônia

EMPRESAS QUE VÃO AUXILIAR NO DESENVOLVIMENTO DAS STARTUPS

As companhias parceiras do Emerge Amazônia participarão da definição dos temas focais e todas as tecnologias mapeadas terão a oportunidade de se conectar com as empresas. As tecnologias selecionadas para a etapa de business case terão a oportunidade de ter acesso ao conhecimento técnico e de mercado dessas companhias para o modelo de negócios da spin-off e potencialmente estabelecerem parcerias.

O principal objetivo é contar com organizações que poderão gerar mais negócios para as startups desenvolvidas no projeto.

nintx - Emerge Amazônia

MENTORES DO EMERGE AMAZÔNIA

Denis Minev

Diretor Presidente do Grupo Bemol

Carolina da Costa

Sócia da Mauá Capital

Spartaco Astolfi

Professor emérito da Universidade Federal do Amazonas

Ana Paula Kleindienst

Ana Paula Kleindienst

Advogada no Pinheiro Neto Advogados

Patrick Teyssonneyre

Venture Builder na Singapore-MIT Alliance for Research & Technology Centre

ENTENDA MELHOR O EMERGE AMAZÔNIA

ATUA COM ALGUMA LINHA TECNOLÓGICA COM INSUMOS AMAZÔNICOS?

INSCREVA-SE AGORA!

AGENDA DE EVENTOS

PERGUNTAS FREQUENTES

Sim! Mesmo que não se enquadre exatamente em uma das temáticas listadas, sua tecnologia é elegível para participar do processo de avaliação e potencialmente selecionada para o programa.

Sim! Tanto a inscrição quanto a participação no projeto são completamente gratuitas para os participantes. Em um primeiro momento, todas as interações serão virtuais. Caso seja necessária presença física, a ação será discutida posteriormente com as equipes e com as empresas parceiras do Projeto.

Não é obrigatório ter ou constituir uma empresa para se inscrever no Emerge Amazônia. Cientistas, universidades e grupos de pesquisa também podem submeter suas tecnologias.

As tecnologias que forem selecionadas para a etapa 2.3 receberão um investimento de 150 a 200 mil reais, mediante participação societária que será definida entre a equipe e a Emerge. Todas as demais tecnologias que se inscreverem e participarem do desenvolvimento do Business Case não prevê qualquer cessão de propriedade intelectual, bem como não prevê participação ou equity da empresa.

Não há obrigatoriedade de investimento da Emerge na sua tecnologia/empresa. O programa tem o objetivo de promover a interação entre cientistas e empreendedores com as companhias parceiras para a estruturação de uma proposta de valor que demonstre o potencial da sua tecnologia. Ao final da etapa 2.2, a Emerge irá analisar o acompanhamento, evolução e a entrega para a seleção de até 3 equipes para realizar o investimento.

EMERGE AMAZÔNIA NA MÍDIA

TEM DÚVIDAS? COMPARTILHE COM A EMERGE!

Mande sua mensagem para [email protected] ou preencha o formulário abaixo!

Será um prazer conversar com você!

Aproveite e conheça a Emerge

    © 2021 Emerge. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por CriaTec